A importância da marca registrada!

Criada em 1980, a trademark funciona não só como selo de qualidade mas também como um programa de proteção e incentivo para marcas que tem seus processos, métodos e matéria prima 100% executados dentro do mercado italiano.

IMG_1247-702x336

Viajando ou não para a Itália você provavelmente já viu a expressão por aí, e a mensagem não poderia ser mais clara: Made in Italy – ou Feito na Itália. O que poucos sabem é que essas três palavras são uma das estratégias de marketing e posicionamento de marca mais bem sucedidas do mercado. A Itália é sinônimo de qualidade quando se trata de comida, design, moda e engenharia, e um dos maiores responsáveis por esse branding é a certificação Made in Italy.

Criada em 1980, a trademark funciona não só como selo de qualidade mas também como um programa de proteção e incentivo para marcas que tem seus processos, métodos e matéria prima 100% executados dentro do mercado italiano. Entre algumas das exigências para obter a certificação as marcas devem possuir processos artesanais para desenvolver produtos e usar métodos considerados italianos como ocorre na indústria de queijos e vinhos. Outro requisito é a marca ter um design exclusivo e utilizar matéria prima de primeira qualidade e que provém da Itália, como por exemplo as milhares de pequenas fábricas de bolsas e sapatos em couro na região de Florença. Por último, claro, o processo de produção não pode ser feito em outro local que não aqui dentro da “bota”.

Uma das grandes inovações do Made in Italy é a facilidade de acesso ao mercado de exportação que é proporcionado a pequenas e médias empresas, que contam com o apoio da instituição para a distribuição e prospecção de clientes também fora da Itália. Além disso, a própria industria interna foi incentivada em termos estratégicos e operacionais com o combate a falsificação, garantias e incentivos fiscais.

Em tempos onde começamos a pensar cada vez mais sobre como consumimos, exemplos como esse são uma ótima inspiração para pensar novos negócios dentro da economia criativa e a valorização da produção e indústria local.   *Por Fernanda Crestani Vargas

Faça uma consulta gratuita sobre o nome que deseja registrar.

Marcas e Patentes VIX.