CLIENTE RECLAMA DO PREÇO E DONO DE CAFETERIA REBATE CRÍTICA

Aos empreendedores de plantão.

No fim do ano passado, o gerente de um café localizado na cidade de York, na Inglaterra, decidiu responder a uma cliente insatisfeita, que tinha feito uma dura crítica ao atendimento e aos preços que encontrou no local.

cafe

No dia 7 de dezembro de 2015, a britânica Hannah C. escreveu na rede social TripAdvisor que tinha ido com seus amigos para tomar o chá da tarde no Bennett’s Cafe & Bistro. Na ocasião, Hannah teria apenas pedido uma xícara de água quente com uma fatia de limão. O estabelecimento cobrou £2 (aproximadamente R$ 12) pela bebida.

Sem saber que na verdade tinha sido atendida pelo gerente da cafeteria, Hannah ainda disse que o garçom que a atendeu teria sido rude e que merecia ser despedido.

Como resposta, o gerente escreveu a Hannah dizendo que sentia muito pela experiência. Mas, na verdade, o preço era justo e correspondia a todos os encargos presentes no negócio. Em uma longa descrição sobre como foi o atendimento, o gerente disse que, além do preço de um limão, a cliente também estava pagando pelo atendimento, pelo ambiente, pela louça utilizada, pelo tempo do garçom e pelos impostos do governo britânico.

Veja abaixo o comentário feito por Hannah e a resposta dada pelo gerente:

“Este lugar é absolutamente horrível. Eu saí para tomar o chá da tarde com alguns amigos e estava com pouco dinheiro. Pedi água quente com uma rodela de limão, que, em primeiro lugar, não chegou junto com o bolo e a bebida dos meus amigos. Então, me cobraram £2 pela água quente e por uma fina rodela de limão. Quando perguntei porque estava sendo cobrada uma quantia tão alta por um pouco de água, o garçom disse, rudemente: ‘bom, você sabe quanto custa um limão?’. Sim, e definitivamente não é duas libras. Então, ele me informou, erroneamente, que um bule de chá para uma pessoa (que foi o que me cobraram) custa o mesmo preço que um limão. Para demonstrar o quão ridículo isso era, meu amigo pediu uma fatia de bolo de chocolate, que custava 1,90 libras. Lugar horrível, sem dúvida não o recomendaria, e o garçom rude que me atendeu deveria ser despedido. Não voltarei, e aconselharei meus amigos e familiares a não irem lá.”

Como resposta, o gerente escreveu:

“Lamento que você tenha se sentido explorada e vou tentar te explicar o porquê você não foi. Você entrou no café e o garçom te mostrou onde você deveria se sentar, entregou um cardápio, esperou  por algum tempo e então anotou o seu pedido. Em seguida, ele foi ao caixa, pegou uma xícara, um prato, uma colher e os levou à cozinha. Lá, ele pegou uma faca, uma tábua e um limão. Cortou um pedaço e colocou na xícara. Depois, voltou ao salão, pegou a água quente e levou a xícara à sua mesa. Quando você estava saindo, ele imprimiu sua conta, levou até você, processou seu pagamento com cartão de crédito e fez a cobrança fora do caixa. Depois que você foi embora, ele pegou a xícara, o prato e a colher, levou até a cozinha, lavou, secou — junto com a tábua e com a faca — e guardou o limão. Depois, ele voltou ao salão para arrumar a xícara, o prato e a colher, limpou sua mesa e deixou o cardápio ali, à espera do próximo cliente. Isso toma, pelo menos, de 2 a 3 minutos de trabalho do garçom.

O custo dos gastos gerais da empresa, quero dizer, o aluguel, as taxas do negócio, os custos de eletricidade, os gastos bancários, entre outros, giram em torno de £ 27,50 por hora. Eu pago aos meu colegas um salário digno e decente, levando em conta o pagamento de férias, seguro, e o tempo produtivo antes de abertura e depois do fechamento do bistrô. O garçom que lhe serviu me custa £ 12,50 por hora. Portanto, em conjunto, o custo é de £ 40 por hora, o que significa que o custo de proporcionar o serviço de 2 a 3 minutos seria entre £ 1,34 e £ 2. Então, o governo ainda acrescenta 20% de impostos, o que faz com que a xícara com água e limão, custe entre £ 1,60 e £ 2,40.

Tenho que pagar os meus fornecedores, caso contrário as instalações não estarão disponíveis para outras pessoas no futuro. Concordo que tudo faz com que o preço de uma xícara de chá no centro da cidade pareça caro, comparado ao que você faz em casa, mas, infelizmente, essa é a cruel realidade da vida. Na verdade, são as instalações que custam dinheiro, muito mais do que os ingredientes. Talvez, a má educação que você percebeu em mim foi provocada pela falta de respeito que eu percebi em você por presumir que poderia usar nossas instalações e ser atendida gratuitamente.”

Tanto como consumidor como empreendedor todos devemos saber o valor agregado de um produto ou serviço antes de pensar no preço somente.

Grande abraço espero que este post possa ter colaborado.