O governo publicou medida provisória que autoriza a cobrança de preços diferentes

O governo publicou nesta terça-feira (27) medida provisória que autoriza a cobrança de preços diferentes dependendo do meio de pagamento ou do prazo escolhidos pelo consumidor. Texto será analisado pelo Congresso em 2017, mas autorização já está valendo. Outra proposta (goo.gl/88Iiju), já em análise na Câmara, determina o contrário: proíbe a venda de produto com preço diferente para pagamento em dinheiro, cheque ou cartão. Qual sua opinião?