PayPal está processando o serviço de streaming Pandora por achar seu novo logo muito parecido.

O PayPal processou o Pandora na última sexta-feira (19).

Afirmando que o serviço de streaming de música copiou seu inconfundível logo azul na esperança de se aproveitar de sua popularidade. A empresa crítica duramente o modelo de negócios do Pandora na denúncia, basicamente afirmando que a base de usuários deles está caindo tanto que foi preciso enganar clientes do PayPal para clicarem acidentalmente no aplicativo de músicas.
• PayPal é processado por não repassar algumas doações para instituições de caridade
No processo, que foi apresentado no tribunal federal de Manhattan, advogados do PayPal escreveram que o Pandora está enfrentando sérios desafios comerciais com Spotify e Apple Music, e “não possui nenhum caminho óbvio para rentabilidade”.
“Pandora desertou o seu logotipo de longa data e se aproveitou do cada vez mais popular logo do PayPal como parte de seus esforços para alcançar sua concorrência”, escreveram. Eles pedem ao tribunal o impedimento do uso do ícone similar.
O Pandora lançou o seu novo logo em outubro, e a semelhança entre o “P” azul simplificado e os dois “P’s” do PayPal foram percebidos imediatamente pelos usuários e diversos veículos de mídia.
O novo logo do Pandora se parece muito com o logo do PayPal e de vez em quando eu me pergunto o porquê eu tenho o site do PayPal marcado como favorito na minha barra de ferramentas.
“Em uma primeira olhada, o novo ícone do aplicativo parece discreto, sua forma e cor lembram o logo do PayPal“, escreveu o pessoal da Wired na época. No processo, o PayPal cita diversos tweets e publicações no Facebook de usuários que também brincaram com a semelhança entre os dois ícones. No que PayPal afirma ser uma tentativa de resolver a disputa de forma amigável, na verdade parece uma iniciativa mesquinha: a empresa enviou 110 páginas de publicações das redes sociais que comparam os dois logos antes de ajuizar a ação, a fim de demonstrar a confusão entre as marcas.
Os dois logos são mesmo muito parecidos:

O do PayPal está na esquerda e o do Pandora na direta.
O antigo logo do Pandora continha um “P” serifado com uma moldura, com um estilo que parecia ter vindo de um livro. A companhia decidiu usar o “P” minimalista com a cor mais vibrante durante o seu reposicionamento de marca em outubro, a primeira em 11 anos.
Degradês em azul são comuns em logos de empresas de tecnologia – são elementos de design similares nos logos do Twitter, Facebook e LinkedIn – mas o PayPal diz que suas escolhas visuais são particularmente significantes:
O logo do PayPal foi desenvolvido cuidadosamente para exemplificar a simplicidade, conveniente e segurança. Cada detalha do desenho tem um propósito específico. O encontro dos “Ps” foi decidido para alcançar uma forma mais compacta e mais fácil de se ler. A cor foi escolhida para dar energia ao logo e para retratar confiança e vitalidade e ao mesmo tempo harmonizar com o esquema de cores de longa data do PayPal. O padrão geométrico simples e ao mesmo tempo expressivo foi escolhido para simbolizar a tecnologia. A sombra sutil entre os quadros cria profundidade e dimensão para mostrar segurança. O ângulo itálico transmite uma proposta que vai para frente, além de inovação e progresso.
Ao supostamente copiar o logo, o PayPal afirma que o Pandora está tentando pegar essa ideia de “vitalidade”, “tecnologia” e “proposta avançada”.
O Pandora realmente está sofrendo – relatos indicam que a empresa está buscando socorro com capitais privados, o que poderia ajudá-los a conseguir uma injeção de dinheiro que eles tanto precisam para expandir. Outros relatos indicam que o serviço de streaming chegou a considerar, mas acabou recusando, uma proposta de compra da empresa de rádio Sirius XM. O novo posicionamento de marca da companhia foi um ponto de brilho em meses de dificuldades.
Em um comunicado enviado ao Gizmodo, o conselheiro geral do PayPal, Wanji Walcott, disso:
Investimentos bastante tempo, dinheiro e energia para assegurar que novo logo característico identifique facilmente o PayPal em dispositivos móveis. Em face deste investimento substancial e ganho resultante, o Pandora adotou um logotipo flagrantemente infrator. As semelhanças impressionantes foram imediatamente tema de artigos de notícias e comentários nas redes sociais realizados por clientes confusos. Já que o Pandora não concorda em resolver esse assunto de forma amigável, não tivemos escolha senão abrir esse processo para proteger tanto a nossa marca quanto a experiência do PayPal dos nossos 200 milhões de usuários.
“Não temos nenhum comentário adicional sobre o tema enquanto a ação judicial estiver pendente”, disse um porta-voz do Pandora.

[NYPost]